Promessa de campanha, a flexibilização das regras para o armamento avança sob o governo Bolsonaro. Na mais recente, a PF autoriza a compra de quatro armas de fogo por pessoa. Qual o status atual do setor?

O que era promessa de campanha agora é fato: sob o governo Bolsonaro, ter armas de fogo se tornou mais fácil. Da linha do tempo de seu mandato constam oito decretos e 11 portarias flexibilizando as regras. Na famosa reunião ministerial de 22 de abril, o presidente deixou claro: “Eu quero todo mundo armado”. Neste episódio, Renata Lo Prete conversa com a repórter do Fantástico Sônia Bridi, que detalha a autorização oficializada pela Polícia Federal para a compra de até quatro armas por pessoa e relata a série de ações do Planalto no setor, sua efetividade e suas consequências. Participa também Carolina Ricardo, diretora executiva do Instituto Sou da Paz. Ela discute a relação entre o crescente armamento da população e o aumento nos índices de violência e criminalidade.

Deixe um comentário